terça-feira, 17 de maio de 2011

E se eu me mudasse para Londres?

Esta pergunta deve estar a ecoar na cabeça de muitos portugueses, principalmente jovens que sem perspectivas profissionais e perante a realidade político, económica e social do país vêm como única solução para alcançarem uma vida profissional estável sair do país.

Este blog foi criado há quase 3 anos e a verdade e que só neste ano de 2011 eu já recebi mais comentários e emails com perguntas e dúvidas de quem quer deixar Portugal do que durante 2008, 2009 e 2010 juntos, reflexo da conjuntura de factores que o país vive actualmente sem dúvida.

Eu gostaria de partilhar algumas ideias e experiências sobre o facto de deixar o país onde temos a nossa família e amigos, onde temos as nossas memórias de infância e adolescência para embarcar rumo a um país que não nos diz nada, onde não conhecemos ninguém.

Eu mudei-me para Londres em Setembro de 2008 e cá estou eu sem planos imediatos para regressar, eu gosto da minha vida aqui, adoro o meu emprego e não me vejo neste momento trocar Londres por lugar nenhum. Eu adaptei-me bem à cidade e não me arrependo nem por um segundo de ter-me mudado. Mas o facto de estar bem aqui não significa que tenha sido ou que seja fácil. Eu sempre fui uma pessoa muito independente, mas mesmo assim, a família e alguns amigos mais próximos fazem imensa falta. Há momentos que eu penso, será que vale a pena estar longe? Momentos como quando a minha irmã me telefonou a dizer que a família estava reunida a comemorar o aniversário de casamento dos meus pais e só faltava lá eu e a garganta fica apertada e as palavras desaparecem.

Aqui tenho de ser eu a resolver todos os meus problemas, não tenho a minha mãe para ir o dia inteiro para as finanças resolver coisas por mim, nem o meu pai para telefonar as 3h da manhã porque um bêbado bateu no meu carro. Aqui tenho de ser eu a descobir o que significa NI Number e como fazer para o tirar e para que serve.

Os salários aqui são mais altos, mas não temos subsídio de férias nem de Natal, as rendas são muito mais caras e além disso há despesas como as viagens obrigatórias (tipo no Natal ou casamento de amigos). É preciso fazer bem as contas para ter-se a certeza que realmente a mudança vai valer a pena monetariamente.

O que eu quero dizer com toda esta lengalenga é que há que ponderar muito bem o que involve mudar de país. Londres tem mais oportunidades? Tem. Londres culturalmente é imbatível? É. Mas será que isso compensa todas as outras coisas que temos que abdicar? Será que não será melhor ter um emprego menos bom, mas estarmos no nosso país, com o carinho da familia e amigos a disfrutar de dias de sol gloriosos com um céu azul frequentemente.

Além disso quem gosta de Londres não só gosta vicia e mesmo que a vontade de ir embora exista e que um dia mudemos ficaremos para sempre com o nosso coração dividido.

13 comentários:

Nanci disse...

Com certeza, mudar de país depende da perspectiva que cada pessoa tem, assim tb como o desejo e a ambiçao de crescimento pessoal e profissional. Conheço pessoas que passaram por aqui, mas nao trocam a rotina com a familia por perto, mae que cozinha, lava, passa, enfim faz tudo pro filho mesmo ele tendo 20 anos e outras mais independentes (assim como eu), que adoro viajar, conhecer, explorar, amo trabalhar em um ambiente multicultural. Nao me entenda mal, eu adoro ir passar o Natal por lá e ir nos casamentos como vc mesma mencionou, mas adoro retornar e ver as novidades por aqui....onde para mim tudo acontece..rrsss.
Abraços

Dedé disse...

Nossa Lids, falou tudo! Me sinto assim: mesmo que volte pro Brasil um dia (apesar de achar que isso nao vai acontecer), parte do meu coracao ficara aqui e eu sempre terei essa duvida...

enfermeiroUK disse...

Nunca ninguém sabe bem para aquilo que vai. E há quem não tenha nada a perder em experimentar...claro, perde-se sempre tempo e algum dinheiro no caso de correr "mal" :)

Glau Nott disse...

falou tudo, otimo post!
Eu disse uma vez na minha entrevista pro expatriados que tem mt dessa ilusao de pessoas querendo mudar pro exterior soh pra fazer peh de meia, mas a luta diaria n eh facil!
Eu n moro em londres, mas morar na inglaterra tem sim suas vantagens como qq outro lugar ;)

cadu1981 disse...

Boas. Obrigado pelo text. Eu todos os dias penso nisso!
Agora o que penso é:
622£ com subs de refeição e transportes ja com descontos é bom para a zona de oxford?

Cheers! Fla disse...

Ai Lids, amei seu post. Tbem amo Londres de paixao e vicia mesmo ha, ha, ha. Na minha opiniao, se alguem muda de pais 1 vez, nao importa por quanto tempo, sua vida vai mudar para sempre e qdo voltar ao pais de origem, a pessoa vai estar sempre dividida.

bjs

André Ferreira disse...

Eu sou um desses jovens que fales nesta entrada! Há um ano que comecei a pensar em me mudar para Londres e finalmente no inicio deste mês de Maio mudei-me de malas e bagagens! Já estou aqui há 3 semanas e estou adorar a experiência em termos profissionais nada comparável com o que vivia em Portugal nesta cidade vive-se a 200km/h nunca para e é um correria de um lado para outro! Por enquanto não me arrependo desta minha decisão e acho que nunca me irei arrepender!

Parabéns pelo vosso Blog é excelente!

Lids disse...

Cadu1981 nao percebi a pergunta.Quanto a salarios tudo e relativo e depende muito do nivel de vida na cidade (valor da renda, transportes, supermercado, etc)

Sofia disse...

Bom post sim senhora!

oHhh poxinhas disse...

Toda a gente fica com ideia de que mudar de Pais e facil, mas esta longe de o ser. Mesmo mudando para um pais Europeu onde ate conhecemos a Lingua.
Nao e facil pegar em malas e bagagens (as que se conseguem trazer) e mudar rumo ao desconhecido.
Achei que foi facil de me ambientar, mas ao inicio da um enorme sentimento de solidao, porque nao temos ca a nossa familia nem os nossos amigos. E depois sim, coisas que davamos como adquiridas aqui sao complicadas, como o National Insurance, como carregar o cartao do gas... temos de ser nos ir a procura de tudo. Ha que fazer as contas e ver se vale a pena.
Para ja vale a pena :)

HK disse...

Lids, que post bacana!!!
Olha, eu mudei muito desde que me mudei, na verdade, eu ja havia mudado desde que passei uma temporada em Londres em estudar. E acho que mudei para melhor. Estamos sempre aprendendo com as experiencias, tem a parte boa e tem a parte ruim, mas as boa vale muito a pena.
Bjs

Taís Rolim disse...

Cheguei a este blog através do http://blogverdadeverdadeira.blogspot.com/ e tenho que dizer que estou adorando ler tudo por aqui. Na verdade o fato em comum entre a maioria que aqui está é oque me chama a atenção, pq eu amo Londres, e desde que passei um tempo ai no ano passado não consigo mais me acostumar no Brasil, na cidade onde nasci e cresci... pretendo voltar pra Londres no ano que vem, pq como muitos aqui disseram, é uma cidade viciante!
Parabéns pelo blog e bjos a todos!

André disse...

Concordo contigo. Mudar de pais implica mudar a nossa vida, mudar alguns dos nossos hábitos...E será que compensa mudar isso e muito mais? isso já vai dependendo dos objectivos de cada pessoa, se eu chegar a imigrar para UK(Londres), é mais porque sempre gostei da cidade, e depois de ai estar, é como tu dizes, é viciante...e digo se chegar a imigrar, sempre tive a ideia de imigrar, procurar novos rumos, e tinha sempre algumas cidades em mente, como Londres, Genebra, Paris, Berlim, e em todas estas cidades foi sempre por convite, mas destas só uma me despertava a curiosidades, que é Londres. Depois circunstâncias da vida tudo se foi adiando, e agora pergunto-me se compensaria mudar-me para Londres, já tenho a mulher e uma menina de 4anos, mas se eu dissesse, a mulher que iríamos para Londres, ela ficava logo maluca, porque ela também adorou a cidade e gostava de ir, só que eu aqui em Portugal não estou "mal", ou seja , não tenho a corda na garganta, tenho um trabalho onde estou efectivo a mulher também, mas mesmo assim, todos os dias penso em ir....e não é ir para Londres só para ir trabalhar e ganhar mais dinheiro, é só mesmo pela cidade em si, pela sua vida, pela sua cultura é completamente diferente de Lisboa, visto que resíduo em Almada, em Novembro vou voltar ate Londres(Brixton), e vou estar ai 15dias de férias, mas vão ser uma férias que vou fazer uma vida como se vivesse ai, e vou procurar algumas cenas a nível profissional, depois logo pondero. Porque tenho a noção se sair de Portugal, acho que só voltarei cá nas férias para ver a família, porque depois não faço contas de voltar jamais a viver em Portugal, porque se sair é de vez, a não ser que algo corra mal.

Mas sei que mudar de Pais, nunca seria pêra doce, iria haver muito sofrimento, porque nunca é fácil. Mas é como se costuma dizer, quem não arrisca não petisca...

Abraços e parabéns pelo teu blog, comecei a dias a ler....

André