terça-feira, 10 de agosto de 2010

Procurar emprego em Londres


Acabei de passar por mais uma fase de procura de emprego que foi até bastante curta. Felizmente duas pequenas diferenças fizeram esta procura muito mais fácil: experiência aqui em Londres no CV e a economia que dá sinais de recuperação depois de um ano de 2009 negro. Muita gente chega a este blog à procura de informações sobre procura de emprego aqui no Reino Unido por isso resolvi partilhar algumas experiências:

Algumas dicas:

- Objectividade - não vale a pena enviar CV's para todas as posições que aparecem. Quase todas as empresas têm departamento de recursos humanos experientes e/ou contrata agências de recrutamento, na maioria das vezes especializadas em determinadas áreas. Ou seja, procuram candidatos específicos e que mostrem que têm mais valias para determinado emprego, o que significa ter algum tipo de experiência na área. Por isso é importante analisar duas coisas: o passado, a experiência e formação profissional que tem no CV e o futuro que carreira querem seguir e de que forma podem convencer o recrutador que tem as habilitações necessárias para a função.

- Curriculum Vitae - Os CV's aqui no UK são diferentes dos de Portugal, CV modelo Europeu aqui não é usado (mesmo em Portugal nunca usei este modelo que considero muito fraco), informem-se dos tipos de modelos mais usados. Dependendo das áreas os CV's também podem variar.

- Carta de apresentação - outro ponto muito importante. Os dois empregos que consegui aqui em Londres foram sempre aqueles que eu sentia que a posição era feita para mim. Em ambos os casos escrevi uma carta de apresentação objectiva explicando o porquê queria me candidatar aquele emprego e fazendo uma interligação entre a minha experiência e os requisitos pedidos. Nunca escrevo uma carta de apresentação maior que meia página. Com isto não digo que não tenham um ou vários modelos de carta de apresentação, mas tentem adequar minimamente a carta de apresentação à posição que estão a concorrer.

- Entrevistas - a minha experiência é que para conseguir qualquer emprego há pelo menos 2 entrevistas e somos entrevistados por 3 pessoas diferentes no mínimo. Normalmente as perguntas são bem específicas sobre o CV e capacidades pessoais numa primeira fase e uma segunda fase de análise de competências com perguntas mais práticas muitas vezes com alguns casos práticos para resolver. Preparar bem as entrevistas é fundamental. É importante mostrar personalidade e entusiasmo mas perguntas sobre a empresa e a área em questão são sempre recorrentes e é fundamental estar preparado.

Sites onde podem ver ofertas de emprego há muitos, deixo aqui no entanto alguns links para sites mais gerais, no entanto dependendo das áreas podem ter que procurar sites mais específicos:





PS: nos comentários quem quiser partilhar sites onde procurar emprego serão bem-vindos.

29 comentários:

Helô Righetto disse...

para design tem mais especificos como o adrem, o mad, careers in design... e o dezeen, o principal!

para jornalismo: gorkanapr

yevgeny disse...

Tens toda a razão quanto ao modelo de CV! Apresentar o dito "modelo Europeu" que usamos em Portugal é meio caminho andado para ter o CV ignorado!


Quem tiver uma profissão muito específica e.g. farmacêuto, dentista, Enganheiro Mecânico etc tem sempre sites de ofertas/agências de emprego bastante específicas

cris disse...

Eu nunca usei o modelo europeu, e acho mesmo que cada vez e menos usado! So, mesmo no eures e que as vezes vale a pena !
Fico feliz por encontrares outro emprego que obviamente deve ser melhor ;)
beijos para a sra fotografa

cristina nunes

Cassandra666 disse...

Depois há ainda sites que têm ofertas de emprego para a zona que se procura. Exemplo:

http://www.mymanchesterjobs.co.uk
http://www.mybirminghamjobs.co.uk
http://www.mynottinghamjobs.co.uk
etc.

Dependendo da área, pode valer a pena (e por vezes acabará por ser mesmo necessário), registarem-se com agências de recrutamento. Significa enviar o CV e a carta, e tentar marcar uma entrevista com a agência. Por vezes, caso haja interesse, é a própria agência a contactar para fazer tal entrevista. A vantagem é que cada vez que a agência colocar um anúncio online nos inúmeros sites disponíveis, bastará enviar um e-mail para o recrutador que fez a entrevista ou telefonar, que é sempre a melhor opção, indicando qual o anúncio e informando que se está interessado(a).

Como nota: tal como em Portugal, o job centre não faz absolutamente nada. É para inglês ver!

Glau Nott disse...

muito legal seu post, direto e objetivo! Dicas valiosas, estive job hunting ultimamente e consegui um job finalmente, experiencia no uk conta mt mt mt mt ateh de voluntariado!!!

Kate disse...

É verdade o voluntariado ajuda muito.. Uma rapariga que conheço arranjou trabalho pk estava a fazer voluntariado na Oxfam na area dela, que já tinha experiência em Portugal mas não tinha nenhuma aqui... Acho que ajudou bastante para ela ser contratada...
A única coisa chata é que em alguns voluntariados é preciso passar numa entrevista, mas acho que vale a pena tentar!

London Calling disse...

Bom post.
Para alem do Monster e do Totaljobs aqui vai mais estes:

IT - http://www.cwjobs.co.uk/
Construção - http://www.careerstructure.com/
Retalho - http://www.retailchoice.com/
Hotelaria - http://www.caterer.com/

para acabar o que causa mais discução:
http://www.gumtree.com/

Apesar de muitos me falaram mal deste a verdade é que os 2 primeiros empregos que arranjei fora via gumtree. Como é de borla postar um emprego neste site muito é merda ou esquemas. Ao contrario dos acima que cada novo post (por mais parecido que seja) é mais dinheiro que se tem de pagar.
Apesar disso encontrei empregos interessantes na area de IT no gumtree. Ok as empresas eram uma beca chungas, mas pagavam-me o ordenado. Pronto, uma delas n pagou os meus impostos...pormenores.

Em época de desespero e de trabalho escasso acho muito bom para desenrascar. Durante o ínicio de 2009 eram os único que me arranjava entrevistas.

Respondia a cerca de 30 anuncios dia. Entre Totaljobs Guardianjobs monster etc etc... e o que conseguia era dezenas de chamas telefonicas de "recrutadores". Digo "recrutadores" pq estes moços sabem tanto de IT como eu de faina. Faziam-me sempre as mesmas perguntas (que estavam no cv...) e prometiam-me varios "clientes", para no final rematarem "pode-me dizer que outras empresas os contactaram para o poder ajudar. Sabe que n queremos replicar a sua candidatura se outro agente ja fez a candidatura". Ao ínicio dizia, até para dar o ar que era um tipo mt requizitado. Até perceber que as agencias de recrutamente cá são para gerar lucro, não pra recrutar.
No meu segundo dia de trabalho telefonou-me um agente de recrutamento. A dizer que tinha uma proposta fantastica para a empresa X (caso raro, eles dizerem o nome da empresa). Queria ver a cara dele quando disse que eu tinha aceite a posição nessa mesma empresa X. Ao qual ele responde "e sabe se ainda estão a recrutar?". Durante o mes seguinte já eles tinham tirado a anuncio ha muito e ainda choviam chamadas de agentes a impingir candidados.
Acontece que isto é uma máfia. A esmagadora maioria das ofertas de trabalho nesses sites são de agências de recrutamento. Uma empresa que quer colocar um emprego fica afogada neste oceano de ofertas de emprego FALSAS feitas por agencias e mais n tem que contactar uma data delas e assinar contracto para recrutarem alguém. Alguém que como eu procura emprego afoga-se em anuncios FALSOS e mais n tem que atender todas as chamadas telefonicas de agentes dando mais informaçoes sobre outras empresas que estão a procura de gente, e registando-se com mais uma duzia delas. O grande perigo disto é o identity theft.


Trabalho ha 9 meses numa nova empresa. desde o momento que aceitei removi o meu cv de todos os sites. Varios meses depois ainda recebia 3/4 chamadas por dia, sem fazer qualquer envio de candidatura.
Hoje ainda recebo 4 ou mais emails de ofertas. Recebo chamadas que deixei de atender. Até recebo chamadas num nr que não dou a nínguem ha mais de 1 ano.
[...]

London Calling disse...

[cont]
A semana passada recebi chamadas todos os dias de uma senhora da ecomrecruitment. Esta empresa (e a mesma senhora) estiveram envolvidos em 2 processos d recrutamento para mim. A entrevista da agencia correu mt bem. disseram que iam arriscar a minha candidatura numa posição que pedia mais exp do que tinha, mas que ao mesmo tempo iam para uma outra posição de alguem acabado de sair da fac. Passados alguns dias telefonei e a pessoa em causa n atendeu mais. Que estava em reuniao isto e aquilo. Email nada. Bastava enviarem email a dizer "ok, n era o que procuravamos" que resolvia tua. Mas não, ignoram completamente. Como este caso tive vários. Mas nenhuma que se desse ao trabalho de me chamar e de me dar tao bom feedback para depois fazer silêncio.
Agora fiquei com o voice mail cheio e varios emails dessa mesma senhora que é tão profissional ao ponto de enviar um email apenas dizendo "Any feedback here please?". Como se andassemos todos aqui a virar bifes.
É este o tipo de gente que esta entre nós e a empresa que por sua vez tem o emprego. É uma barreira formada de gente hipocrita e incompetente que dificulta muito a tarefa de encontrar emprego. Não se trata de encontrar um candidato mas de vender uma oferta de emprego e escolher o um comprador.

yevgeny disse...

Lembrei-me de outra forma pela qual também sou regularmente contactado.

(Penso que funciona mais para trabalhadores com qualificações específicas)

LINKEDIN

http://www.linkedin.com/nhome/

Basicamente é o facebook de relações profissionais

(Tenho este mau hábito de não rever o que escreve e depois é só gralhas lol)

C. disse...

Bom post.

Para empregos na area do Social Care/work ha' centenas de sites, recomendo
http://www.jobsgopublic.com/socialcarecareers
http://www.communitycare.co.uk/jobs/default2.aspx

A partir destes sites chega-se a quase todas as agencias relevantes de recrutamento (o primeiro e' essencialmente para o sector publico).

Quanto ao CV fiz todas as candidaturas em modelos proprios pre definidos e online. Mesmo nos sites de pesquisa de emprego a maioria desta area tem modelos de candidatura. No fim pode-se anexar o CV mas tenho duvidas que sequer olhem para ele.

:)

Trabalho em Londres disse...

Dicas muito boas. É realmente mau o modelo europeu e os ingleses não gostam dele, como nao gostam do euro, de guiar a direita, etc.
de resto, as agencias querem lucrar, mas se nao recrutarem nao ganham. as agencias ganham uma comissao se o empregador realmente contractar alguem. as empresas nao pagam para receber cvs.

London Calling disse...

Quanto a "as empresas nao pagam para receber cvs." não concordo totalmente. Porque encontrei na web e tive contactos de várias que me pediam dinheiro quer para ajudar a melhorar o meu cv. Quer para colocar o meu cv visivel aos clientes deles onde me prometiam umas quantas entrevistas nas proximas semanas.

o primeiro exemplo que tive foi quando perdi tempo a inserir dados neste site:
http://www.gulfcvspecialists.com/testimonials.html

para depois so no final (quando perdi largos minutos a inserir dados) me pediam dinheiro para inserirem o cv na sua bd.

ao consultar o link acima reparei que os testemunhos se repetiam, para dar ar que são muito.

quando um colega de faculdade me falou que ia pagar a alguem para ter mais facilidades em entrevistas tive que lhe dar na cabeça. primeiro pq é mandar dinheiro ao lixo e depois porque se todos decidirem pagar para ter o cv visivel, num futuro próximo todos no teriamos de pagar...pq o nosso cv ia ficar inundado por essas agencias.

por isso acho que ninguem deve pagar para ter o seu cv numa agencia de recrutamento.

Se n conseguem ter entrevistas ñ será por n pagarem a estas agencias mas sim algo a ver com o cv a experiencia ou simplesmente o mercado que procuram.

Lacobus disse...

ola... gostava de saber como arrnjar trabalho em londres em pubs e afins com reseidencia incluida. preciso urgentemente de imigrar, a falta de euros em portugal é cada vez maior. neste momento o melhor a fazer parece-me ser sair de ca (portugal) e ir em busca de um futuro melhor. a quem me puder ajudar, desde ja muito agradecido.

Anónimo disse...

Olá a todos!
A crise é muito vivida aí em Londres?
Estou farta de estar em pt e quero ir para aí... tenho família que me pode dar abrigo nos primeiros tempos. Mas a minha dúvida é esta:
Sou formada ( Licenciatura de 5 anos) em Inglês/Alemão, acham que tenho hipóteses de singrar por esses lados?
Aguardo um feedback vosso.
Abraços,
Alex

Anónimo disse...

Olá
Sou licenciada e quero ir para o Reino Unido e estou a traduzir cv, carta de apresentação. É preciso também traduzir o certificado de habilitações? se sim, onde?

Obg pela ajuda

London Calling disse...

Olá anónima1,

"Mas a minha dúvida é esta:
Sou formada ( Licenciatura de 5 anos) em Inglês/Alemão, acham que tenho hipóteses de singrar por esses lados?"
Primeiro tens de tentar ver pela net (totaljobs, Jobsite, Monster, etc etc)se consegues encontrar algumas propostas envia cv e ver se tens algum feedback. se tiveres algum certamente terás mais quando estiveres cá. Se n tiveres nenhum é provavel que chegando ca continue na mesma.
Atençao também a facilidade ou n a falar perceber Inglês do UK (sim, tens licenciatura. mas isso para mim n me diz nada porque tive imensos profs que eram uma nodua). Sotaque o Hugh Grant n conta (isso é pra americano ver).Mas acredito que te safes bem.

Se fores ver noticias da bbc new de ontem veras que os Ingleses estão a deixar de conseguir empregos na comissão europeia pq n sabem linguas (n é obrigatorio). Logo aqui está uma grande oportunidade.

Outra noticia melhor:
A alemanha está teve um crescimento maior neste ultimo trimestro desde que ha registo. Logo alguém vai querer fazer mtos negocios em alemão.
Tambem por algum motivo anda meio mundo a tentar queimar Portugal e o Euro, para lixar a alemanha...


N te fixes num formato (traduções, leccionar). O facto de saberes 2 linguas (Português, Alemão) pode valer mt cá noutros sectores como sales.

Mas tenta ver primeiro se consegues mitigar o risco. Sai caro partir a toa.

Boa sorte.

London Calling disse...

Cara anonima2:
N vivas obcecada com arranjar um emprego na tua area apenas porque tens curso. Conheço quem qd veio para ca (sul africano) n tinha curso e tinha como experiencia trabalhar em pubs. 5 anos depois brilhava em sales. Hoje quer ir embora mas n a deixam (sempre que ameaça oferecem-lhe mais guito).

O que importa é o que tu sabes fazer e n um papel.

ah, e n importa ser apenas licenciada...tem que se ser em algo que o mundo realmente tire proveito.

Quanto ao certificado de habilitações ninguém me pediu. prometeram-me que me contactavam para a faculdade e para os empregadores anteriores para confirmar. mas n sei se o fizeram.

volto a dizer. n interessa teres um papel bonito, se n das uma pra caixa na entrevista. Se brilhas na entrevista, de que serve se o papel é feio?

N conheço ninguem que tivesse feito traduçao mas conheço quem precisasse de tratar de umas cenas na ordem (dos arquitectos de ca).

nuno disse...

excelente post ..

Emprego em Londres disse...

London Calling, as empresas de recrutamento funcionam ao contrário. Ou seja, os clientes pagam se contratarem alguém da parte deles. Ou seja, há um pagamento se forem bem sucedidos. Se fosse só por enviar CV's então era o negócio mais fácil do mundo.
As empresas que te pedem dinheiro para enviar o teu CV é porque não fazem um bom trabalho e só fazem SPAM. se te conseguissem um emprego, a empregadora iria lhes pagar e não precisavam de te pedir dinheiro.

Ana Sofia disse...

Olá a todos!!
Sou licenciada em Turismo e tenho cerca de 7 anos de experiencia em administrativa/recepcionista, cujo emprego deverá ter os dias contados. Estou a avaliar possíveis fugas, e uma delas seria Londres. Infelizmente não tenho qq familiar ou amigo na cidade. Alguém me poderia aconselhar se a esta altura do campeonato em que a crise se faz sentir por toda a europa, será uma opção? Devo ir "às escuras" e tentar começar com um emprego seja ele qual for e ir subindo aos poucos, ou apenas emigrar com um emprego garantido (apesar de saber que conseguir emprego estando em Portugal é muito dificil)? Arranja-se facilmente um trabalho, seja ele qual for, nem q seja para pagar as contas nos primeiros tempos? Existe muitos empregos na área do turismo/hotelaria? Fico agradecida em quem me conseguir ajudar.. Cumprimentos a todos.. Ana Sofia

Anónimo disse...

boas, chamo-me Diogo tenho 19 anos e gostaria de escapar a esta crise qe se assenta em portugal, tenho o 12ºano mas não tenho dinheiro para continuar os estudos, gostaria de ir trabalhar para londres tenho la amigos e isso mas é muito dificil de os contactar, mesmo por facebook praticamente nem aparecem, gostaria de receber um pequeno impurraozinho na minha vida um pequeno gesto qe mudaria a minha vida para sempre, por favor contacte-me pelo facebook; http://www.facebook.com/diogo.fernandes.338
fico à espera, obrigado pela compreensão boa noite :)

Lise disse...

Olá! Gostei muito deste post, mto obrigada!
Tenho 22 anos e estou a acabar a licenciatura. todavia, em jeito de plano para 2013, gostaria de ir 2 ou 3 meses para Inglaterra, talvez para Reading que, segundo me disseram, é relativamente perto de Londres e o custo de vida, nomeadamente a habitação, é muito mais barato.
Contudo, não sei por onde começar a procurar. Não quero sair de portugal sem planos, gostava de ir ja com um trabalho em vista, mas como conseguir isso?
Estava a pensar por exemplo em cafés, restaurantes, lojas, etc. Contudo, o meu inglês nao é fluente, apenas me desenrrasco em frases curtas,(embora perceba td o k me dizem) e desenvolvê-lo era o principal motivo da minha ida. Será que assim arranjo trabalho?
O que acham? Podem ajudar-me pff?
Obrigadoo!!

Lise disse...

Olá! Gostei muito deste post, mto obrigada!
Tenho 22 anos e estou a acabar a licenciatura. todavia, em jeito de plano para 2013, gostaria de ir 2 ou 3 meses para Inglaterra, talvez para Reading que, segundo me disseram, é relativamente perto de Londres e o custo de vida, nomeadamente a habitação, é muito mais barato.
Contudo, não sei por onde começar a procurar. Não quero sair de portugal sem planos, gostava de ir ja com um trabalho em vista, mas como conseguir isso?
Estava a pensar por exemplo em cafés, restaurantes, lojas, etc. Contudo, o meu inglês nao é fluente, apenas me desenrrasco em frases curtas,(embora perceba td o k me dizem) e desenvolvê-lo era o principal motivo da minha ida. Será que assim arranjo trabalho?
O que acham? Podem ajudar-me pff?
Obrigadoo!!

London Calling disse...

Olá lise.
Se não és esquisita acredito que arranjas emprego em pouco tempo. Mas é sempre complicado vir sem nenhuma poupança para aguentar as primeiras semanas. Era melhor conseguires um amigo ou conhecido que te podesse dar um sofá durante uma semana ou assim.

Podes procurar um emprego nessa area neste site:
http://www.caterer.com/
ou to totaljobs.com
Tens de criar o teu cv em formato uk e associar a conta no site.

A economia ainda está muito tremida mas esta a melhorar (e muito melhor que a portuguesa) mas é importante que consigas falar a língua se estás a lidar com o cliente.
O meu conselho era começares a pensar em inglês ja. Tipo imagina as tuas tarefas diárias. "vou lavar a cara...onde é que está o leite" E transforma a tua voz interior para inglês. Assim por brincadeira. Vais ver que vais-te aperceber de algumas palavras que n encontras e é aí que podes trabalhar e aprender palavras novas. Com o tempo (acho que 1 mes) consegues melhorar mt sem sequer sair de portugal.
Depois podes ensinar o ouvido. Eu tive alguma dificuldade em apanhar os varios sotaques ingleses (por estar mt habituado ao sotaque americano). por isso aconselhava-te a procurar filmes e series em ingles Britanico. Por exemplo os inbetweeners. E a vê-los sem legendas. Podes perceber pouco e fazer-te doer a cabeça ao início mas lembra-te que não será mais fácil estando cá.
podes encontrar mais info sobre o cv em formato inglês aqui:
http://londoncallingblogspot.blogspot.co.uk/2010/11/cv-no-formato-reino-unido.html

Boa Sorte.

London Calling disse...

Olá lise.
Se não és esquisita acredito que arranjas emprego em pouco tempo. Mas é sempre complicado vir sem nenhuma poupança para aguentar as primeiras semanas. Era melhor conseguires um amigo ou conhecido que te podesse dar um sofá durante uma semana ou assim.

Podes procurar um emprego nessa area neste site:
http://www.caterer.com/
ou to totaljobs.com
Tens de criar o teu cv em formato uk e associar a conta no site.

A economia ainda está muito tremida mas esta a melhorar (e muito melhor que a portuguesa) mas é importante que consigas falar a língua se estás a lidar com o cliente.
O meu conselho era começares a pensar em inglês ja. Tipo imagina as tuas tarefas diárias. "vou lavar a cara...onde é que está o leite" E transforma a tua voz interior para inglês. Assim por brincadeira. Vais ver que vais-te aperceber de algumas palavras que n encontras e é aí que podes trabalhar e aprender palavras novas. Com o tempo (acho que 1 mes) consegues melhorar mt sem sequer sair de portugal.
Depois podes ensinar o ouvido. Eu tive alguma dificuldade em apanhar os varios sotaques ingleses (por estar mt habituado ao sotaque americano). por isso aconselhava-te a procurar filmes e series em ingles Britanico. Por exemplo os inbetweeners. E a vê-los sem legendas. Podes perceber pouco e fazer-te doer a cabeça ao início mas lembra-te que não será mais fácil estando cá.
podes encontrar mais info sobre o cv em formato inglês aqui:
http://londoncallingblogspot.blogspot.co.uk/2010/11/cv-no-formato-reino-unido.html

Boa Sorte.

Pedro Pereira disse...

Boas,
Ando actualmente a considerar ir para Londres com a minha mulher mas só irei mesmo com contrato o meu medo é mesmo a minha mulher arranjar emprego na área de serviço social.. Sei que é se tem de registar numa entidade mas não sei qual os problemas com poderá ter a arranjar emprego. Ela já está a ter umas aulas de inglês basico/médio mas não sei se pode ser um problema ainda mesmo.. Último caso ela diz que faz qualquer tipo de part time so que se fosse relacionado com a área melhor.

Luis Silva disse...

Olá a todos,

A minha namorada conseguiu um emprego em menos de 1 mês como enfermeira através do website: www.Team24.co.uk

São especializados em médicos e enfermeiros.

Espero que ajude.
Abraço
Luis

Luis Silva disse...

"Olá a todos,

A minha namorada conseguiu um emprego em menos de 1 mês como enfermeira através do website: www.Team24.co.uk

São especializados em médicos e enfermeiros.

Espero que ajude.
Abraço
Luis

maria andrade disse...

boa noite.
Sou educadora de infancia e gostaria de trabalhar em inglaterra nessa mesma área.
O que aconselham?
Obg