quinta-feira, 17 de Junho de 2010

Consulado Português em Londres

Depois de muita espera e despero lá consegui ter o Bilhete de Identidade, ou melhor dizendo o Cartão de Cidadão.De forma geral os Serviços do Consulado Português são muito maus, pelo menos foi a minha experiência com eles foi muito negativa. A única dúvida que ficou para mim, é se são mesmo pessoas incompetentes ou se é a falta de recursos que leva à incompetência.
Acho que o mais importante para este post é dar algumas dicas para que não tenham que usar os Serviços do Consulado ou se usarem a melhor forma para o fazer.
Primeiro passa pela prevenção ,ou seja, a maioria de nós tem BI, Passaporte e Carta de Condução por isso o meu conselho é não andar com o BI e Passaporte juntos, mesmo quando viajam para fora do Reino Unido, levem um dos documentos e a carta de condução. Assim se perderem ou vos roubarem têm sempre o outro documento convosco.
Caso aconteça ficarem sem os dois documentos não se livram de ir ao Consulado, ou seja, 40 min ao telefone para serem atendidos, emails respondidos em dois dias, 1 a 2horas de espera.. e muitas dores de cabeça...Continuando no caso de ficarem sem nenhum destes documentos o melhor mesmo é enviarem um email para o Consulado : mail@cglon.dgaccp.pt e pedir uma marcação para emissão do Cartão de Cidadão com urgência. Mas têm mesmo que dizer no email, que é muito urgente senão só têm a visita em um a um mês e meio. Para ser sincera é o tempo aceitável para quem quer renovar o BI sem urgência.
Entretanto devem receber um email com o dia da marcação... Se por acaso não tiverem nenhum documento de identifição com foto (por exemplo a Carta de Condução) têm que levar dois Portugueses convosco para vos identificar. Hoje em dia é possivel pedir a Carta de Condução pela net, por isso podem fazer o pedido e pedir alguém em Portugal que vos envie por correio azul, o mais provável é chegar antes do dia que vão ao Consulado.
Depois de se dirigirem ao Consulado demora cerca de uma semana a chegar uma carta PIN a casa e com essa carta podem levantar o Cartão de Cidadão. Quanto ao Passaporte não sem bem como funciona , preciso tirar em Portugal.
Se ainda tivere dúvidas como pedir o BI ou Passaporte liguem para o Consulado no número +44(0)2072913770 e não caíam na tentação de ir lá, porque por norma eles não resolvem nada e telefonando ficam esclarecidos do que precisam fazer, sem estar a peder horas de trabalho.
O último conselho é marcar uma viagem a Portugal no máximo um mês antes do Cartão de Cidadão ou Passaporte caducarem .

10 comentários:

London Calling disse...

Olá Kate. Até gosto de alguns dos conselhos que fazes no post mas outros são um pouco a razão porque o nosso país funciona da forma que o faz. A chicoespertice. Um pedido urgente é, lá está, urgente. Não é para quem deixou caducar o BI porque esperou até à última (como eu) ou para quem simplesmente não quer esperar. Eu não sabia, mas para evitar ficar apertado um cidadão tem a obrigação de pedir renovação quando o BI está com apenas 6meses de validade. Se precisa de fazer uma viagem, também não vai fazer um pedido de BI urgente. Faz um título de viagem única (ou lá como aquilo se chama) que permite a pessoa regressar a Portugal para fazer lá o BI. Mas não convem fazer de proposito do tipo: Ah e tal queria renovar o BI...olha, fingo que perdi logo quando tenho que fazer uma viagem. O mais provavel que aconteça é que n renovem, apenas o tal titulo de viagem unica que n permite voltar ou ir para qualquer outro lado.

1h 2h de espera acredito. Pois é apenas 1 pessoa a atender o telefone. Acreditas que mesmo assim existem pessoas que nem portugues sabem falar e que conseguem ser atendidas 3x no mesmo dia? É mesmo quem tem muito tempo para telefonar o dia todo...

Mail é a melhor opção. Mas por favor, n sejamos imbecis! Antes de perguntar claro que devemos de consultar o site do consulado e outros para ver se encontramos a nossa resposta. Pois o mail está lá para marcações. Assim como dar a informação que pedem e que está no site. Senão claro que vai demorar muito tempo com o ping pong de emails. E aqueles que chateiam so pra saber se precisam de visto para ir trabalhar para Londres...pah...esses merecem perder a cidadania Portuguesa e Europeia!

Se o serviço é lento será falta de recursos e incompetência. Mas dificilmente serão algumas das pessoas com quem contactou ou viu nos corredores do consulado. Pois esses na sua maioria não contam como trabalhadores do estado. Não têm direito a feriados portugueses. Não recebem por férias (as poucas que têm), feriados ingleses ou doença.
Se as coisas ficam realmente lentas nos períodos de férias feriados pontes, pensa que esses estiveram lá mas os que nunca viste não fazem. Entope tudo e quando regressam, continuam com o mesmo ritmo.

O problema do nosso País está nisto mesmo x a mamar, y espertos, e z a pagar.

Não sou do consulado e nunca lá trabalhei. Mas acho que o problema do consulado é dos Portugueses. Dos que não trabalham, dos que se queixam sem razão e da mania que temos de ser muitos...é que atender alguém que não fala Portugues ou Inglês mas que vem tratar do BI electronico para si e pros seus 4 filhos várias vezes ao dia não deve ser fácil...


Um abraço.

Lids disse...

London Calling como a Kate referiu deve pedir para ser atendido com urgência, quem tem urgência... no caso que ela explica(e que foi o caso dela) de quem não tem qualquer documento para poder sair do país. Ela em Abril pediu o cartão único com urgência porque tinha viagens marcadas para Junho e não eram para Portugal. E mesmo com urgência só conseguiu os documentos uns dias antes da viagem isto porque insistiu várias vezes com os serviços para resolverem a situação. A primeira carta com o pin ela nunca recebeu e teve que pedir o reenvio. Se ela não tivesse telefonado e enviado emails provavelmente ainda estava à espera da carta com o pin. Quando o caso não é urgente o que a Kate aconselha é que se trate desse tipo de assuntos em Portugal.
Obrigado pelo cometário tem vários pontos de vista que eu concordo bastante.

Kate disse...

Olá London Calling!
No meu post eu apenas quis mostrar o que aconteceu comigo e dar algumas dicas para Portugueses que possam a vir a ter os mesmos problemas que eu tive.
O facto de as pessoas escreverem ou não com urgência no email se é o caso ou não, ou de renovarem o BI em cima da hora isso já é da responsabilidade e do bom senso de cada um. Claro como em todo lado à a chicoespertice. Mas o meu caso foi que me roubaram os documentos todos e o meu BI tinha validade até 2011. E quando enviem um email para o Consulado a dizer que tinha sido roubada e não tinha documentos eles queriam marcar uma visita em 2 meses e só quando escrevi que era urgente eles marcaram a vista em 2 semanas. Será que quem lê os emails não entende que quando alguém escreve a dizer que foi roubado e não tem documentos nenhuns, não significa que quer uma marcação urgente?


Falas em consultar o site e enviar email, achas que toda a gente tem a facilidade de aceder à internet ou até sabe o que é um email?? Em Portugal há milhões de pessoas que não sabem, nem toda gente tem a nossa sorte. Eu mesma vi no Consulado uma Sra a dizer que nem sabia o que era um email. E se receberem emails a perguntar se é preciso visto ou não para trabalhar em Inglaterra, o Consulado tem é a obrigação de responder e explicar, os serviços existem é para isso mesmo. Claro que eu entendo que é uma pergunta muito básica, mas eu todos os dias tb recebo emails no trabalho com perguntas básicas e tenho mais é que responder.

Concordo com algumas coisas que dizes e entendo que para quem trabalha no Consulado às vezes não é fácil… quem trabalhar no atendimento ao público nunca é fácil e nós Portugueses só gostamos de reclamar ( e acabamos por fazer pouco)…. Mas demorar cerca de 2 meses para ter um documento de identificação ou não terem alternativa a não ser ir para Portugal para que se consiga documentos com urgência para mim não faz sentido…

Obrigado pelo comentário e por partilhares connosco o teu ponto de vista !

:)

London Calling disse...

Olá.
"alguém escreve a dizer que foi roubado e não tem documentos nenhuns, não significa que quer uma marcação urgente"- Sim é parvo. Mas tb n sei até que ponto alguem pode vir perguntar "olha la pq é q deste urgente aquela q n disse que era urgente" se calhar nesse caso e para evitar nova troca de emails faz-se o normal e se quizer urgente que avise. Até compreendo (um bocadinho).

"que é um email?? Em Portugal há milhões de pessoas que não sabem, nem toda gente tem a nossa sorte."
Pois, tb n estamos em Portugal. E mesmo assim para uma cidade como Londres considero que quem ñ sabe n percebe disso é um pouco como quem n sabia ler escrever antigamente. "voce tem de ler o contracto e assinar- mas eu n sei ler!" Nesses tempos pedia-se a alguém que soubesse.
Tive 1h a procura da morada do HMRC no site deles, e nada.
Uns chefes que tive n me pagaram impostos, fui ao posto em Waterloo e disseram-me que n me atendiam. So com entrevista marcada (isto depois de me terem dito em linha de chamada acrescentada que podia ir la). Telefonei novamente e disseram-me pra enviar carta escrita (o ridículo) com info dos chefes e etc. Passados 6 meses n sei se a carta chegou(ainda por cima pela Royal mail).
Quero com isto dizer que enviar mail, telefonar pro consulado. e conseguir fazer marcaçoes mesmo que por email acho já mt bom comparado com muitos dos serviços publicos ingleses. Se calhar estamos mal habituados.

" E se receberem emails a perguntar se é preciso visto ou não para trabalhar em Inglaterra, o Consulado tem é a obrigação de responder e explicar, os serviços existem é para isso mesmo. "
Pois isso n acho. Por cada email desses (e piores) perdes tempo a ler e na resposta que poderia ser, por ex, para pedidos urgentes. Assim derrepende, procurei um link que falasse sobre os serviços consulares e tropecei nisto:
http://www.secomunidades.pt/c/portal/layout?p_l_id=PUB.1.32

pah, foi tipo o primeiro link!
Acho que o problema é que esta geração é a geração ñPod/ nConsegue fazer nada sozinha. Nem se dao ao trabalho de ler. Ja nem passar pela cena de n saber o que é um email.
É como aqueles colegas que veem perguntar como se faz x/y no word...a resposta devia de ser Google it!

Depois lá encontrei o link:
http://www.portaldocidadao.pt/PORTAL/entidades/MNE/DGACCP/pt/SER_postos+consulares+e+embaixadas.htm?tab=4
e este
http://www.portaldocidadao.pt/PORTAL/entidades/MNE/DGACCP/pt/SER_servicos+consulares+complementares.htm
pronto, devo dizer que fiquei uma beca na mesma :-s

"demorar cerca de 2 meses para ter um documento de identificação ou não terem alternativa a não ser ir para Portugal para que se consiga documentos com urgência para mim não faz sentido… "
Pois depois de o consulado fazer ainda demora o seu tempo, e isso já n depende bem do consulado. Não sei se com isto querias dizer porque é que não é o consulado que faz os BIs. Porque é que tem que mandar para Portugal. Eu acho que seria uma enorme falha de segurança se cada consulado podesse guardar os dados e fazer os BIs. vamos imaginar por ex como seria o consulado da Guatemala. A esta hora seriam todos tugas na america latina.
Os dados sao enviados para servidores em pt. Se os servidores estão em baixo (e estão muitas vezes) não se faz nada. Pq é que eles vao abaixo com frequência? Pergunta a quem escolheu a NovaBase no concurso.
Descentralizar isto seria como por ex ter a casa da moeda espalhada pelo pais. Tipo, a Madeira tinha a sua maquineta de fazer moedas. Felgueiras...e por aí fora. Se calhar ficava tudo na mesma, mas acho que deu pra perceber.

Espero n ter sido agressivo na resposta.

Cumprimentos bloguisticos.

Kate disse...

Olá London Calling!
Sim, já lá vai algum tempo que estou em falta com uma resposta.
Acho que nao foste agressivo apenas expoes o teu ponto de vista, assim como eu fiz. E o que eu podia fazer era contra argumentar cada um deles, mas acho que iamos continuar com este post eternamente.
A única coisa que acho engracada é que para quem nunca trabalhou no Consulado sabes muito sobre o que se passa lá dentro
:)

Anónimo disse...

Ola Kate, desculpa vir aqui talvez expor as minhas duvidas invés de uma opinião sobre este post em sim, mas é o seguinte espero que me possas ajudar eu dentro de 2semanas vou viajar pela primeira vez para Bristol para ficar em Cardiff a minha duvida é se posso viajar apenas com o B.I. já que não tenho passaporte, mas para ficar la não como férias para futuramente arranjar emprego(não tenho visto de emprego eu sei) mas isso é outra coisa, sabes de algo que me possa ajudar? desculpa importunar o teu blog e obrigado na mesma ;)

Kate disse...

Ola!
Para viajar não precisas de Passaporte o BI chega. Mas se o BI serve como visto de trabalho não estou 100% segura. Eu acho que sim, porque prova que és cidadão de Portugal, mas nada como enviar um email para o Consulado mail@cglon.dgaccp.pt .
Se pretendes ficar em Inglaterra, acho que devias tirar o Passporte pk assim ficas com 2 documentos de Identidade e se perdes um deles tens sempre o outro documento.
Mas é apenas a minha opinião :)

London Calling disse...

Como ambos os países estão espaço schengen seguem o princípio da livre circulação de pessoas bens e serviços. Quer dizer que basta o BI para entrares. Também podes arranjar emprego apenas com o BI. Precisas primeiro de pedir um National Insurance Number. Para mais informações consulta a informação que existe (por ex no link que tinha deixado 2 comentarios acima) deixa o mail do consulado para o que ele serve (renovação de Cartão cidadão, passaporte,registo de nascimento etc etc). Enfim, tudo aquilo que não consegues fazer com o google e alguns clicks.

ver :
http://www.secomunidades.pt/c/portal/layout?p_l_id=PUB.1.32

London Calling disse...

ah, e ter 2 documentos é uma excelente dica da Kate. Não vais querer um bofia a pedir-te documentos e tu n teres nenhum...

Forex Trading Ideas disse...

oi! será que o titulo de viagem unica só dá para viagens de aviao ou pode tambem servir para regressar de carro? mandei um mail para o consulado mas os pasteis de nata demoram bastante.

Outra coisa interessante é que nao é possivel fazer qualquer documento sem comprovativo de residencia, e eu neste momento estou temporariamente em casa dos meus pais (visita) de modo a q nao é a minha residencia. Tambem nao tenho residencia em portugal e quero voltar para comprar precisamente uma casa... mas deduzo que ate para comprar uma casa precise dos documentos que perdi... *que dor de cabeca.